domingo, 27 de janeiro de 2008

Preciso de um escudo de protecção


Há algum tempo que não andado mt bem , a tristeza invadido os meu dias .

Mas há uns dias a minha Madrinha disse me que eu deveria arranjar um escudo , um escudo para me proteger da tristeza .Eu tento estar ocupada , mas a vida tem me insinado que não é o melhor remedio .Fazer alguma coisa para não sofrer tanto , pois deve ser um pouco dificil , quando estou + em baixo , queria ser diferente , ser Eu mas diferente porque que agarro mt as pessoas que me rodeiam e depois sofro .Sofri mt com a saida da minha mãe de casa senti -me abandonada , e também uma relação de dois anos que não deu certo , enfim tudo fez uma bola de neve e foi mt complicado de gerir tive medo de ter + um principio de depressão , mas acho que desta fez estive lá perto mas não , mas na foi facíl.Sou cátolica e sei que Deus não nos abandona ,

Ele pegou me ao colo como nas pegadas na areia , e aconteceu uma coisa engraçada eum na Quinta fui a uma noite de oração fui porque senti uma força para ir , fez me bem ouvi palavras que me deram força para me levantar um pouco .E hoje tive uma surpresa que me mt bem .

Foi como um raio de sol no meu caminho.Enfim vou tentando arranjar alguma coisa para me proteger mas não deixar de ser Eu.
Beijos doces anjo

4 comentários:

Quim disse...

ola, obrigado pela visita ao blog http://deportugalagoa.blogspot.com gostei do comentario, e nao resisti ao convite de visitar o teu blog, que vou descobrir, e atençao, PENSAMENTO POSITIVO SEMPRE, pois este post mostra um estado de espirito em ascençao. beijos de portugal a goa

Cris disse...

Cara amiga, por vezes procuramos nos outros, a felicidade que nos falta em alguns momentos, buscamos num grande amor, num colo de uma mãe, nos braços de uma amiga, mas a verdade é que a verdadeira felicidade encontramos somente em nós, quando conseguimos entrar no nosso interior e encontrarmo-nos com nos proprios, quando olhamos a nossa volta e tudo está certo, porque não hà nada de errado...quando sabemos quem somos. A nossa paz interior é a nossa verdadeira felicidade...beijos de Portugal a Goa, Cris

Nuno M. Cabeçadas disse...

Para os que continuam a acreditar e a lutar, depois de uma noite vem sempre a madrugada.

Um beijo

Mara Pereira disse...

Olá,
nos momentos menos fáceis temos tendência a refugiarmo-nos no trabalho...a verdade é que isso é uma "fuga" a situação, por mais que nos faça mexer por dentro, por experiência falo, o melhor talvezx seja enfrentar a situação...vivê-la, aceita-la, compreende-la...assim dentro de nós fica a recordação mas não a magoa...
beijos :)