terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Um gesto simples



Olá caros amigos (as ) eu nos ultimos tempo tenho falado mt sobre o Amor é uma coisa que me tem atromentado mt a minha volta , mas a semana passada aconteu me uma coisa que me deixou mt feliz e quero partilhar com voçes :)


Estava eu a trab na minha lojinha e como sabem uma casa aberta estamos sujeitos a mt coisa , e eu tinha a porta encostada porque estava a chover e que uma senhora de Côr pregunta se pode entrar e eu claro que respondo que sim , quando é o meu espanto que a senhora diz que andava a vender pasteis pk está a passar necessidades e que não tinha que dar de comer aos filhos o marido desempregado e então ela tão desesperada pensou se em suicidar , mas teve uma força interior mt grandes e daí que resolveu fazer uns pasteis e assim conseguia dinheiro para alimentar os seus filhos , tem uma visinha que tem uma mercearia e então a vizinha fornece lhe os ingredientes e ela paga e alimenta os filhos , e vai fazendo uns dias + que outros .


Claro que eu peguei na minha carteira e comprei e o dinheiro q tinha dei comprei dois pasteis ,deviam ter visto os olhos daquela senhora qd eu lhe disse que queria dois ela nem acreditava e eu disse -lhe : assim eu alimento me e tb ajudo alimentar .


A Senhora ficou tão feliz e eu tb fiquei feliz pk ajudei alguem que precisava , como sabe bem ajudar e fazer os outros felizes com tão pouco mas numa gesto tão simples, que faz nos sentir tão bem .E com este gestos que ficamos ricos de alma um forte abraço das asas de um anjo



3 comentários:

Antonio saramago disse...

São nestes pequenos gestos que se transmite o AMOR pelo próximo independentemente de ser quem seja

sonhos/pesadelos disse...

nina nina nina, tens um miminho pa ti no meu bwog....
bjs endiabrados

Colibri disse...

Olá,

São gestos assim de dar sem esperar receber que representam o verdadeiro amor...

Você, na verdade recebeu os pastéis, mas o receber de que falo é outro... Com efeito, vc não precisaria de lhe comprar os pastéis, mas fê-lo porque sentiu necessidade de ajudar.

Sabe, as dificuldades da vida nos transformam... nos moldam... e nos ensinam muito...

Sempre vivi com uma certa liberdade financeira durante muito tempo e em certo ponto da minha vida passei a sentir muitas dificuldades por razões que agora não vêm ao caso. Porém, hoje agradeço a Jesus cada pedaço de comida que coloco na minha boca, porque hoje eu tenho plena consciência de que tudo o que eu como é porque Ele deixa...

Nunca me faltou o essencial, dou graças a Deus por isso, mas estive muitas vezes com poucos cêntimos na carteira e sem quase nada para comer, faltando quase tudo o que eu gostava de comer... já para não falar de outras coisas que também faziam falta...

Lembro que uma vez não tinha quase nada em casa para comer e só tinha 4 euros na carteira. Porém, sabia que havia um sem abrigo que dormia perto da igreja que eu frequento... Aí um dia a passar, não fui capaz de seguir em frente sem lhe dar metade do que tinha... determinando a presença de Deus na vida dele a partir daquele momento...

Falo apenas disto, para referir que, mesmo não tendo quase nada, segui em frente com uma enorme satisfação no meu coração...

Precisamos todos de transformar a pedra fria que existe em nossos corações em amor sem cobrança e dedicação aos outros...

Fazendo o bem, recebemos o bem em maior quantidade ainda, tal como o agricultor lança a semente à terra e colhe depois os frutos do seu trabalho...

Beijinhos
Colibri
------
Os meus últimos sentires…
Colibrir as Emoções: Os filhos do pantanal…
Corais dos Recifes: Ecological Day…
Eis-me aqui: Eu não acreditava Nele!
Traços de Angola: Parte 12 - Fotos do Lobito (Parte II)…