quarta-feira, 23 de julho de 2008

Liberdade de amar



"Para nos libertarmos do problema , primeiro temos de admitir que ele existe , só depois conseguiremos começar a eliminá-lo.A terapia é fundamental para os sobreviventes ao incesto.Precisamos de um espaço seguro para podermos processar os nossos sentimentos .Somente depois de nos libertarmos dos sentimentos de ira e de vergonha podemos progredir para um novo patamar onde seja possível amarmo-nos a nós próprios."


texto retirado do livro O poder está dentro de ti de Louise L.Hay espero q gostem e que se amem a voçes próprios beijos doces}anjo{

3 comentários:

Agulheta disse...

Olá Anjo. Depois de umas mini férias,venho aqui deixar amizade e dizer que adorei o texto do livro.
Sem liberdade de si própio e cabeça no lugar não poderemos deixar os outros livres.
Beijinho amanhã vamos trabalhar um pouco na causa de todos nós,até lá fica bem Lisa

Antonio saramago disse...

É Verdade Amiga, quem não se ama a si própio, nunca saberá Amar os outros.

catxinha disse...

Tem toda a razão. Temos de nos amar a nós prórpios. Só assim seremos felizes.
Um beijo.